presente

E se você só tivesse mais um dia de vida?

Friday, 16 September 2011, 15:15 | Tags: , , | 9 comentários
Postado por Fábio Betti 
De vez em quando, me faço essa pergunta. Percebo que ela é especialmente útil quando me vejo no meio de um dilema ou no abismo de uma crise, pois muda minha perspectiva, me faz refletir aos olhos do que estou vivendo e sinto que é o melhor para mim naquele momento, sem apego ao que sentia no passado ou qualquer expectativa sobre um futuro que, afinal, jamais virá a ser. Leia mais »

E se não houvesse amanhã?*

Thursday, 06 January 2011, 17:09 | Tags: , , , , , , , , , , | 3 comentários
Postado por Fábio Betti 
Vivemos na certeza de que haverá um amanhã. E, mesmo que isso segure os mais exaltados, que talvez saíssem por aí fazendo bobagens caso soubessem que tudo deixaria de existir no dia seguinte, a maioria de nós faz o pior possível a partir dessa certeza ilusória: adia o seu viver. Leia mais »

Perdoar é para sempre

Thursday, 30 December 2010, 12:16 | Tags: , , , , | 2 comentários
Postado por Fábio Betti 
Todo fim de ano é a mesma história. Uma alegria cândida toma conta das ruas. Fogos explodem nos céus de todas as partes. Planos, desejos e promessas são renovados. O novo ano é uma espécie de amuleto da sorte, trazendo sempre esperança de uma vida melhor no futuro próximo – uma vida que, quando se concretiza, no entanto, raramente acaba correspondendo ao que se espera... Leia mais »

Quando a Presença se faz presente

Thursday, 09 December 2010, 17:36 | Tags: , , , , , | 2 comentários
Postado por Fábio Betti 
Eu entre Ximena Davila e Humberto Maturana, criadores da Biologia-Cultural>Não tem jeito. Toda vez que mergulho numa semana de curso de Biologia-Cultural – olha eu aí entre meus professores Ximena Dávila e Humberto Maturana -, as reflexões sobre relacionamentos se aprofundam em perguntas que me levam ao que os filósofos chamam de essência. Desta vez, o tema que emergiu foi Presença, conceito muito bem descrito no best-seller “O Poder do Agora”, do Eckhart Tolle, e que o Otto Scharmer, do MIT, colocou em uma jornada evolutiva com sua “Teoria U”. Sinto a manifestação desse estado em diversas situações no meu viver, mas, especialmente, quando escrevo. Em algumas ocasiões, é como se as palavras simplesmente brotassem do papel ou se formassem sozinhas no teclado do computador, guiando meus dedos e minha atenção. Num desses momentos, justamente quando me perguntava como eu distinguia meus estados de Presença, a resposta surgiu no texto que publico aqui, o qual na falta de uma explicação mais científica, chamo de “psicografado”, pois parece ditads por alguém, embora eu me mantenha consciente e também participe de sua criação. Leia mais »

O passado está morto

Monday, 22 November 2010, 09:54 | Tags: , , | 10 comentários
Postado por Fábio Betti 
De vez em quando, sem que me dê conta, tento reviver meu passado. Só que, além de meia dúzia de lembranças desgastadas, não encontro mais nada que me faça revivê-lo. Nenhum suspiro, nenhuma lágrima, nenhuma respiração suspensa, o que me faz crer que o passado está mesmo morto. Leia mais »